9 de setembro de 2009

Parte 15 – Existe vida após a obesidade, mas também existem problemas.

Gostaria de comentar e deixar claro neste post, que mesmo após eu estar vencendo um grande problema da minha vida, ou seja, a obesidade, não estarei livre de passar por situações complicadas, pois problemas e situações difíceis são iminentes, e muitas vezes contra a nossa própria vontade. É certo que o meu emocional, será testado várias vezes daqui pra frente. No meu entender, apenas um dos problemas da minha vida, é que está sendo solucionado neste momento. Ninguém está livre de passar por situações, em que as emoções venham à tona, muito menos os ex-obesos.

Neste final de semana, infelizmente chegou ao fim o meu primeiro relacionamento após a gastroplastia. Mas antes que pensem qualquer coisa, quero registrar que conheci uma pessoa maravilhosa, no qual pude aprender muito, e felizmente, mesmo após o término, nos tornamos grandes amigos, e não perderemos o contato um com o outro, apenas não deu certo neste momento, e sequer temos mágoas um do outro. Foi uma experiência boa no geral, tenho que levar isto em consideração, mas pela primeira vez, pude sentir o coração estremecer, afinal de contas, estava terminando um relacionamento, é normal sentir-se triste com esta perda. E imagine nós, que já estamos passando por uma transformação tão grande em nossas vidas, onde “1000 anos parecem ser vividos em 10 anos”, vivenciarmos situações que mexam com o nosso emocional. Temos que estar preparados psicologicamente e emocionalmente para estes acontecimentos.

Porque estou tocando neste assunto?

Infelizmente a vida não é só de alegrias, para as pessoas que estão conseguindo vencer esta batalha, de acabar de vez com a obesidade, trata-se sem dúvida de uma enorme solução para diversos problemas, sejam eles de saúde, preconceito, emocionais etc. Mas não estamos livres de perdas e de tropeços na vida, pois literalmente a vida continua, e como será que devemos encarar essas fortes emoções daqui por diante?

Me chama muito atenção um dado e um fato importante, isto é, vejo as pessoas caindo numa certa euforia nos primeiros meses, é compreensível, não há como negar, pois o resultado vindo, fica evidente que uma felicidade muito grande bate dentro de nós, mas e depois? Será que a graça vai acabar? O encanto? As pessoas acostumam com você, e os desafios da vida estão por vir, caberá neste momento, uma atenção e controle muito grande dos nossos atos. No meu íntimo, posso afirmar que penso nisto todos os dias, pois não quero botar tudo a perder. A euforia inicial que surgiu no início, poderá dar lugar a uma depressão, compulsão por jogo, vício em bebidas etc.

Eu particularmente, me considero com um bom alto controle, e quando vejo que alguma coisa está errada, imediatamente peço ajuda. Mas evidentemente que não estamos livres dessas situações, se procurarmos, encontraremos muitos relatos de pessoas que botaram tudo a perder. O exemplo negativo serve para nos empenharmos ainda mais, e não descontarmos nossas aflições em alternativas ruins, e que possam vir a destruir nossas vidas, nunca devemos perder o foco, pois como foi dito anteriormente, ser gastroplastizado, é viver numa vida de regras.

A minha frase é:

- No fundo do meu poço, existe uma mola gigantesca!

3 comentários:

  1. amigooooooooooo
    no fundo do meu poço tb tem essas molasssssss
    parece fato todos nós passarmos por esse probleminha emocional , sentimental , pós cirurgia, mas sabe pra que isso ? para testarmos exatamente se queremos continuar desse jeito , magrelos e felizessss
    pq felicidade está dentro de nós mesmo
    bjus
    migo amo-teeeeeee
    helen monsores

    ResponderExcluir
  2. Mais uma vez eu digo....PERFEITO!
    Penso da mesma forma..até rezo para Deus para eu não perder o "foco". Mesmo qd acabarem os elogios " nossa como vc emagreceu" ei ainda quero continuar com os habitos que estou hoje!
    Já passei por isso em 2003 tinha 180kg fiz um regime doido e cheguei aos incriveis 89kg! Pois bem, perdi o foco, cai na "pista" e o que que aconteceu....cheguei aos 168kg!
    Como diz o Tulio , temos que manter a "guarda alta"
    Abç!

    Alexandre (jaba)

    ResponderExcluir
  3. Como sempre digo:Faria td de novo...
    E no fundo do meu poço tem uma Gig mola...rsrs
    Dificuldades,vivências,e decepções fazem parte de nossas vidas p que tenhamos um amadurecimento,um crescimento seja ele desta forma...
    Foi assim que conseguimos chegar até aqui...Mas agora c gostinho de vitória!!!
    Msm que não venhamos a escutar elogios diários...
    Não podemos deixar de nos elogiar a cada manhã em frente ao espelho que hoje é nosso amigo...rs
    Jamais perder a visão,o foco de sempre estar em busca de uma boa qualidade de vida!!! Sempre estar em busca de ser Feliz!!!Como diz vc meu amigo Viva la Vida!!!
    Bjs!!!
    Carla

    ResponderExcluir