15 de março de 2011

Parte 49 - Será que você incomoda as pessoas?

Olá pessoal.

Gostaria de tocar num assunto bastante importante e polêmico, não farei rodeio e irei direto ao ponto. O meu texto e relato começa com uma pergunta importante, ai vai!

- Será que o seu sucesso e felicidade andam incomodando alguém?

Este questionamento andou norteando meus pensamentos ultimamente, já que relatarei aqui um acontecimento, que mudou minha visão holística diante do significado da palavra "AMIZADE".

Recentemente, mais precisamente no carnaval que passou, fui convidado por dois amigos para participar de um churrasco. Eles estavam a um bom tempo sem contato comigo, e consequentemente, sem conhecer a nova pessoa que me tornei. Irei chamá-los aqui de "F" e "M", isto é, as iniciais dos nomes de cada um.

Quando estamos há tempos sem rever um amigo, acabamos criando uma certa expectativa pelo encontro. Eu particularmente, como alguns aqui me conhecem pessoalmente, sou bastante caloroso com as minhas amizades, e por conta disto, sempre irei esperar uma resposta positiva da outra parte, ainda mais quando nos tornamos uma outra pessoa diante do espelho. Já que sofremos tanto com os preconceitos, e tabus que a sociedade nos impôs a vida toda, não vejo problema algum, em mostrar o quanto você está bem agora, e com a sua nova vida. No meu entendimento, não se trata de exposição, até porque estou sempre agindo naturalmente, e até esqueço do impacto que posso causar em alguns.

O churrasco aconteceu na casa de "F", e foi para lá que me dirigi acompanhado da minha namorada. Quando cheguei na casa do "F", ou seja, o anfitrião, fui muito bem recebido pelo "M", mas pelo "F" não fui, sequer se levantou para me cumprimentar, e o que foi ainda mais notório e estranho, é que ele sempre foi um "cara 100%", só que desta vez totalmente ao contrário. Este comportamento dele me causou um enorme desconforto, não tirou os olhos de mim, olhava de cara feia e estranha, talvez não parecendo acreditar no que estava vendo diante dos seus olhos. Um ponto que vale chamar a atenção de vocês, é que este meu "camarada" "F", sempre foi tido pelas mulheres, como uma pessoa muito bonita e atraente, só que após alguns anos, as coisas mudam, "F" está se tornando obeso, está bem acima do peso, e acho que por conta disto, a minha presença tenha lhe incomodado bastante. O "M" não sabia o que fazer, nem era a casa dele, mas enfim, fez o papel de anfitrião do churrasco, e tentou meio que contornar a situação, só que até minha namorada, que não o conhecia, notou o que estava acontecendo naquele momento.

Resultado! Não fiquei nem uma hora e fui embora, pois não consigo agir assim com as pessoas. Eu quando vejo o sucesso de alguém eu fico muito feliz, e seja em qualquer esfera, não importa onde. Portanto, acho que todos nós estaremos sujeitos passar por uma prova desta, e principalmente, ver realmente quem são de fato os seus amigos verdadeiros.

Abraços e sucesso a todos.

3 comentários:

  1. OS PRIMEIROS SERÃO OS ULTIMOS, E OS ULTIMOS OS PRIMEIROS, É ISSO QUE RETRATA O SEU RELATO.

    ResponderExcluir
  2. Eu estou para fazer esse tipo de cirurgia, mas esse tipo de pergunta sempre presente na minha mente. Uma vez, em uma das vezes que tentei fazer regime, minha médica me aconselhou a não dizer para as minhas amigas que eu estava de regime, porque mulher sempre tenta sabotar a outra, mas pelo visto isso não é algo exclusivo de um sexo, depende mesmo é da personalidade (vamos dizer assim) de uma pessoa. Infelizmente, as vezes é apenas em momentos como esse, que a gente sabe quem é nosso amigo ou não...

    ResponderExcluir
  3. Olá tudo bem???
    Eu fiz a redução de estomago, faz 10 meses me sinto ótima, estou magrinha, lindaa e muito feliz.
    Eu entendo o que você está dizendo, olha não é por nada não mas eu fiquei muitooo linda, chamo muito a atenção por onde passo, e percebo que muitas pessoas que me conheciam antes ficaram incomodadas com isto.
    Mass paciência né!!!

    Abraços

    ResponderExcluir